O que é o amor? É uma libertação? Uma prisão? Ou um manicômio?

Sobre o Amor

O que é o amor?
Uma doce mentira?
Um solitário segredo?
Um sentimento sagrado?
Um insano e mórbido desejo?
O tudo ou o nada?
O começo ou o fim?
O que é o amor?
Saber ser e não ser?
Ou saber deixar de ser?
É estar longe, mas perto?
Ou abraçados, mas em outros abraços?
É saber dizer sim?
Ou não saber dizer não?
É o que amadurece a cabeça?
Ou o que infantiliza o coração?
O que é o amor?
É abrir mão? A mente? Ou a alma?
É escolher a renúncia?
Ou renunciar a uma escolha?
É aquilo que sempre existiu?
Ou o que ainda existirá?
É o que vive?
O que morre?
Ou o que nos assombra?
É uma libertação?
Uma prisão?
Ou um manicômio?

(Texto de Emerson Rodrigues. Contato: eghus@hotmail.com)  

Comentários

  1. Minha afetuosa melancolia, meu leito ádvena
    Pressagiai-me mentalmente
    Tome minhas insanidades absolutas pra dentro de ti
    Acalentando em seu âmago seio
    Adentrando o saber que nada sei hoje
    Mesmo sabendo que jamais nada
    Saberei
    Imagino peito esse que afaga
    Aperta-o contra e espreme seus apogeus
    Sim, deleite sobre esse carrasco sentimento
    Isso lhe prazerá cada vez mais
    Nessa trilha turva ando sozinho
    Companhia nunca me foi agradável
    Os pés se ajuntam apenas ao corpo que com ele nasceste
    Afeiçoe.
    Anirbah

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Que a balança da justiça cósmica pese mais para o lado do bem e dos atos bons no final! Luz!